Pages

domingo, 31 de maio de 2009

* Violência em Ipu

Depois do canibal comedor de orelhas, dos constantes assaltos e assassinatos, aconteceu mais um fato inusitado em nossa cidade, sexta-feira, por volta das 11 horas da manhã, nas proximidades da Caixa Econômica Federal, um cidadão foi violentamente espancado no meio da rua por um funcionário do prefeito Sávio Pontes, na ocasião, o cidadão estava com o rosto ensanguentado, o que deixava ainda mais chocadas as pessoas que presenciavam a cena. Vale ressaltar que o funcionário agressor não é ipuense e está atualmente em nossa cidade ganhando 3 mil reais mensais à custa de nossos impostos.
Sabemos que denunciar um ex-policial com familiares também ex-policiais expulsos da corporação por participar de grupos de extermínio, nem sempre é uma decisão tomada com tranquilidade. São momentos de reflexão que passam pelo medo, revolta ou dor e por tantos outros motivos que nos impedem de concluir qual seria a decisão mais acertada.
A questão da violência policial e de ex-policiais con­tinua sendo um dos principais temas que despertam medo e pavor entre a população.
Entretanto, não podemos esquecer que todos nós esta­mos subordinados a uma série de leis que regulam nossas atuações, assim como as dos policiais e ex-policiais. Na verdade, o que se espera é o cumprimento dessas leis.
A lei nº 4898/65 trata do abuso de autoridade (ou de poder) cometidos por agentes públicos. Conforme o artigo 5º dessa lei, autoridade será qualquer pessoa que exerça cargo, emprego ou função pública, de natureza civil ou militar, ainda que transitoriamente e sem remuneração.
"Abuso" será qualquer atentado aos direitos e garantias individuais realizado sem estar de acordo com a legislação, seja pelo excesso praticado em uma ação, ou pelos meios empregados. O espancamento, a humilhação e a prisão sem justa causa configuram abusos, carecendo da aplicação dos meios jurídicos adequados.
A Constituição Federal afirma que a dignidade da pessoa humana é um dos princípios fundamentais da humanidade devendo ser preservada em toda e qualquer tipo de situação, seja ela prisão ou outras formas de confronto. Qualquer cidadão tem direito à sua dignidade. Afirma ainda que ninguém poderá ser vítima de agressão física injustificada por parte de agentes do poder público.
Existe a Defensoria Pública que dá assistência jurídica gratuita às pessoas carentes. Possui núcleos especiais para atendimento aos consumidores, pessoas idosas, mulheres vítimas de violência, proteção a crianças e adolescentes, pessoas portadoras de necessidades especiais, etc.
Temos ainda o Ministério Publico que é o advogado da sociedade defendendo-a em juízo e fora dele. É também o fiscal da Lei, encarregado dentre outras funções de processar aqueles que cometem crimes, e também fiscalizar as ações dos órgãos públicos envolvidos em investigação criminal, tais como polícia, órgãos técnicos de perícia, etc.
Quando uma comunidade carente pensa em reagir contra ações violentas, um dos seus objetivos seria manifestar sua revolta e sensibilizar a opinião pública para sua realidade local de desrespeito, privações e humilhação, mas nem sempre alguns tipos de manifestações conseguem atingir o resultado esperado.

* Projeto Luz dos Olhos Meus (Já eeeeera!...)

Lembram do Projeto “Luz dos Olhos Meus”, implantado pela ex-prefeita Corrinha, que atendia aproximadamente 35 pessoas por mês com cirurgia de catarata e que atualmente conta com 200 pessoas na fila de espera, esperançosos a voltarem a enxergar.

Hoje o Sec. de Saúde do Município decretou o fim dessa fila de espera, ou seja com mais de 200 pessoas no quadro de espera o atual Secretário esta fazendo novo recadastramento e vai realizar apenas 3 cirurgias por mês que ficaram garantidas na programação da PPI...ou seja, quem estava aguardando alguma atendimento na fila de espera, JA ERA...

3 cirurgias por mês apenas...o pior é que a verba vem no valor aproximado de 15 a 16 mil por mês....essa verba que vinha na gestão anterior ia para a Clínica do Dr. Mendonça e a prefeitura complementava o restante com recursos próprios. O Secretário de Saúde não vai mais fazer essa complementação, tirando a esperança de centenas de ipuenses.

Continuando o tema saúde, já é o segundo e-mail que recebo esta semana, dando conta de ambulâncias sendo rebocadas e cima de caminhões. O que está acontecendo com a manutenção desses veículos essenciais à vida?

* O Mistério dos Recursos da Prefeitura no Novo Tempo

A ex-prefeita, deixou no caixa da prefeitura a quantia de R$ 2.083.126,54;
Do dia 01 de Janeiro até 31 de Maio, nosso município foi contemplado com:
Arrecadação Federal = R$ 13.940.158,06 (fonte: http://www.bb.com.br/)
Recursos Saúde = R$ 2.020.143,06 (fonte: http://www.fns.saude.gov.br/)
Merenda escolar = R$ 117.123,60 (fonte: (http://www.fnde.gov.br/)
Caixa Econômica (venda das contas) = R$ 1.150.000,00.

Somando todos esses recursos chegamos ao montante de R$ 19.310.551,26. São quase 20 milhões de reais em 5 meses de governo. Com o que foi gasto todo esse dinheiro se não foi feito nenhuma obra na cidade, nossa cidade está esburacada, cheia de mato e lixo? Nos últimos dias foi feito uma limpeza nas ruas do centro e tapado alguns buracos, em virtude da vinda do governador, para vocês terem uma idéia, a secretaria de saúde e o ginásio coberto, só foi pintado a frente para receber o governador, os lados, ainda continuam com as cores da ex-administração. Acho que a tinta não deu pra pintar o restante.

Fiquem atentos, em breve solucionaremos este mistério.
a
a
a
a
a
a
a
A tinta só deu pra frente.

sexta-feira, 29 de maio de 2009

* LICITAÇÕES NOVO TEMPO

Clik em participantes para ver a licitação no site do TCM;
Clik nas empresas para obter informações sobre a mesma.

LICITAÇÕES PARA SERVIÇOS

Licitação 1202.01/2009-SS
Data/Hora de Realização: 16/03/2009 às 09:00

Objeto: Contratacao dos servicos de gerenciamento dos Servicos pertinentes aos Convenios no 002/CIDADES/2009 e 003/CIDADES/2009, firmados com o Governo do Estado do Ceara para construcao de unidades sanitarias domiciliares, em forma de mutirao, no municipio d e Ipu.

Valor Estimado: R$ 3.159.976,32

Participantes
CENPEL CENTRO NORTE PROJETOS E EMPREENDIMENTOS LTDA
MARCAS SERVICOS E CONSTRUCOS LTDA
CONSTRUCON COMERCIO E CONSTRUCAO LTDA.
FREITAS SERVICOS E LOCACOES LTDA
TORRES MARTINS SERVICOS E CONSTRUCOES LTDA
CONDUTA CONSTRUCOES E PRESTACAO DE SERVICOS LTDA

Vencedor: CONDUTA CONSTRUCOES E PRESTACAO DE SERVICOS LTDA Valor: 3.159.976,32

Licitação 2204.01/2009
Data/Hora de Realização: 04/05/2009 às 11:00

Objeto: SERVICOS DE REFORMA DA SECRETARIA DE EDUCACAO DO MUNICIPIO DE IPU.

Valor Estimado: R$ 148.269,59

Participantes
SOMAQ CONSTRUCOES E PRESTACAO DE SERVICOS LTDA
CONSTRUTORA E LOCADORA HUMAITA LTDA
CONDUTA CONSTRUCOES E PRESTACAO DE SERVICOS LTDA

Vencedor: CONDUTA CONSTRUCOES E PRESTACAO DE SERVICOS LTDA Valor: 148.269,59


Licitação 1302.01/2009-AD
Data/Hora de Realização: 26/02/2009 às 09:00

Objeto: Reforma da Prefeitura Municipal de Ipu, conforme projeto em anexo, parte integrante deste processo.

Valor Estimado: R$ 144.894,62

Participantes:
MOZAIKO EMPRRENDIMENTOS E SERVICOS DE CONSTRUCAO LTDA.
SOMAQ CONSTRUCOES E PRESTACAO DE SERVICOS LTDA
CONDUTA CONSTRUCOES E PRESTACAO DE SERVICOS LTDA

Vencedor: CONDUTA CONSTRUCOES E PRESTACAO DE SERVICOS LTDA Valor: 144.894,62


Licitação 2403.01/2009-AS
Data/Hora de Realização: 06/04/2009 às 09:30

Objeto: Construcao do CRAS Centro de Referencia de Assistencia Social do Municipio de Ipu, conforme projeto em anexo, parte integrante deste Processo.

Valor Estimado: R$ 143.202,21

Participantes:
SOMAQ CONSTRUCOES E PRESTACAO DE SERVICOS LTDA
CONSTRUCON COMERCIO E CONSTRUCAO LTDA.
CONDUTA CONSTRUCOES E PRESTACAO DE SERVICOS LTDA

Vencedor: CONDUTA CONSTRUCOES E PRESTACAO DE SERVICOS LTDA Valor: R$ 143.202,21


Licitação 2204.01/09/CULT
Data/Hora de Realização: 04/05/2009 às 09:00

Objeto: Execucao de servicos de reforma da Casa de Cultura Professora Valderez Soares do Municipio de Ipu-Ce.

Valor Estimado: R$ 140.408,22

Participantes:
SOMAQ CONSTRUCOES E PRESTACAO DE SERVICOS LTDA
CONSTRUTORA E LOCADORA HUMAITA LTDA
CONDUTA CONSTRUCOES E PRESTACAO DE SERVICOS LTDA

Vencedor: CONDUTA CONSTRUCOES E PRESTACAO DE SERVICOS LTDA Valor: 140.408,22


Licitação 2005.01/2009
Data/Hora de Realização: 29/05/2009 às 09:30

Objeto: Prestacao de servicos de elaboracao de PROJETOS de engenharia atraves da secretaria de infraestrutura do municipio do IPU.

Valor Estimado: R$ 148.125,00

Participantes
MOZAIKO EMPRRENDIMENTOS E SERVICOS DE CONSTRUCAO LTDA.
C A CONSTRUCOES E FERRIVIAS LTDA
ETICA CONSTRUCOES LTDA

Vencedor: ETICA CONSTRUCOES LTDA Valor: R$ 148.125,00


LICITAÇÕES PARA COMPRAS

Licitação 2503.01/09-GM
Data/Hora de Realização: 07/04/2009 às 14:00

Objeto: aquisicao de materiais de expediente, limpeza e permanentes destinados a secretaria de acao social e secretaria de educacao.

Valor Estimado: R$ 2.288.490,80

Participantes:
A.COSTA DE LIMA
PC COMERCIO DE PAPELARIA LTDA ME
D DE OLIVEIRA LIMA-DELIM DISTRIBUIDORA
FLAVIO JUNIOR LIMA DOS SANTOS-COM LIMA SANTOS

Vencedor: FLAVIO JUNIOR LIMA DOS SANTOS-COM LIMA SANTOS


Licitação 2002.01/2009-SE
Data/Hora de Realização: 09/03/2009 às 10:50

Objeto: Aquisicao de generos alimenticios destinados a merenda escolar na rede municipal de ensino de Ipu.

Valor Estimado: R$ 632.674,30

Participantes:
TOR4-COMERCIO DE ALIMENTOS LTDA ME
FAMERT-COMERCIO E REPRESENTACOES LTDA
MESCOL DISTRIBUIDORA DE ALIMENTOS LTDA
PC COMERCIO DE PAPELARIA LTDA ME
FLAVIO JUNIOR LIMA DOS SANTOS-COM LIMA SANTOS

Vencedor: FLAVIO JUNIOR LIMA DOS SANTOS-COM LIMA SANTOS Valor R$ 632.674,30

Licitação 0902.02/2009-AS
Data/Hora de Realização: 16/02/2009 às 10:00

Objeto: Aquisicao de alimentacao destinado as atividades do CRAS, junto a Secretaria do Trabalho e Acao Social.

Valor Estimado: R$ 79.900,00

Participantes:
FAMERT-COMERCIO E REPRES LTDA
DELIM DISTRIBUIDORA
FLAVIO JUNIOR LIMA DOS SANTOS-COM LIMA SANTOS

Vencedor: FLAVIO JUNIOR LIMA DOS SANTOS-COM LIMA SANTOS


Licitação 2101.01/2009
Data/Hora de Realização: 29/01/2009 às 08:00

Objeto: Aquisicao de Material de consumo(kit do professor) para atender as necessidades da Semana Pedagogica, junto a Secretaria de Educacao do Municipio de Ipu.

Valor Estimado: R$ 78.002,00

Participantes:
JOSIMAR RODRIGUES DE CASTRO-JRC COM E REPRESENTACOES
PC COMERCIO DE PAPELARIA LTDA ME
FLAVIO JUNIOR LIMA DOS SANTOS-COM LIMA SANTOS

Vencedor: FLAVIO JUNIOR LIMA DOS SANTOS-COM LIMA SANTOS Valor: 78.002,00


Licitação 2201.01/2009
Data/Hora de Realização: 30/01/2009 às 08:00

Objeto: Aquisicao de materiais permanente para atender as necessidades do Gabinete do Prefeito do municipio de Ipu.

Valor Estimado: R$ 77.782,52

Participantes:
JOSIMAR RODRIGUES DE CASTRO-JRC COM E REPRESENTACOES
PC COMERCIO DE PAPELARIA LTDA ME
FLAVIO JUNIOR LIMA DOS SANTOS-COM LIMA SANTOS

Vencedor: FLAVIO JUNIOR LIMA DOS SANTOS-COM LIMA SANTOS Valor: R$ 77.782,52


Licitação 0902.01/2009-AS
Data/Hora de Realização: 16/02/2009 às 08:00

Objeto: Aquisicao de material didatico e expediente, limpeza e cozinha, destinado as atividades as atividades do CRAS, junto a Secretaria do Trabalho e Acao Social.

Valor Estimado: R$ 76.450,53

Participantes:
PC COMERCIO DE PAPELARIA LTDA ME
DELIM DISTRIBUIDORA
FLAVIO JUNIOR LIMA DOS SANTOS-COM LIMA SANTOS

Vencedor: FLAVIO JUNIOR LIMA DOS SANTOS-COM LIMA SANTOS
a
Clik aqui para ver os preços praticados pela empresa FLÁVIO LIMA: preços superfaturados da empresa flavio lima

quinta-feira, 28 de maio de 2009

* ATENÇÃO IPUENSES

O Prefeito Sávio Pontes, achando pouco as loucuras que está fazendo em nosso município, em mais um delírio de grandeza, está enviando à Câmara Municipal outro projeto escandaloso, trata-se do projeto de Lei nº 114/2009, que será votado dia 29 de Maio. Se nossos vereadores não tiverem consciência e aprovarem o referido projeto, irão dar poderes ao prefeito a fazer o que ele quiser com o Patrimônio Municipal. Se o projeto de lei for aprovado, o prefeito Sávio Pontes poderá permutar, doar, alienar, privatizar bens públicos municipais como: o Aeroporto, o Matadouro, o Mercado Municipal, o SAAE, a Estação Ferroviária, dentre outros.
a
Confiram o projeto de lei nº 114/2009 na integram abaixo.

* Valor que a administração Novo Tempo recebeu da Caixa pela venda das contas dos funcionários

Quem ler o jornal Diário do Nordeste de hoje 28/05, na página 13, vai encontrar a publicação do extrato do contrato firmado entre a Prefeitura de Ipu e a Caixa Econômica Federal, referente ao recebimento das contas salário dos funcionários municipais.
O valor que a administração Novo Tempo recebeu da Caixa Econômica Federal foi R$ 1.150.000,00 (hum milhão, cento e cinquenta mil reais).
Eita prefeito sabido!
Confiram abaixo. Clik na imagem

* Transferência de servidores públicos federais por perseguição política

Estamos presenciando em Ipu, atos de perseguição política, da mesma forma que acontecia nos piores tempos da ditadura militar. Essa perseguição está acontecendo a nível municipal, estadual e federal. São medidas totalmente arbitrárias, em que funcionários públicos são perseguidos e transferidos pelo único fato dos mesmos não terem apoiado o prefeito Sávio Pontes na eleição municipal.

As últimas vítimas dessa perseguição são funcionários efetivos da Fundação Nacional de Saúde (antiga sucan), trabalhadores, honestos e bastante conhecidos na sociedade ipuense.

As "estranhas" transferências desses funcionários, foram determinadas, na verdade, como forma de punição, visando satisfazer interesses políticos e pessoais do prefeito Sávio Pontes, que age de forma ilegal e gravemente lesiva aos princípios que devem reger a administração pública.
a
Essas transferências não ocorreram para atender uma finalidade pública, mas sim para alcançar fins particulares e muito menos nobres. Foram determinados, sim, para perseguir e prejudicar aqueles que simplesmente não externaram a mesma opinião dos "donos do poder político".
a
É bom que todos saibam que transferir funcionários, sem nenhuma justificativa, configura ato de improbidade administrativa cometido pelos responsáveis que transferiram os servidores efetivos por motivos de perseguição política, ferindo, portanto, os princípios da legalidade, moralidade e impessoalidade.
a
A Lei de Improbidade Administrativa prevê três modalidades de atos ímprobos: a) atos que importem em enriquecimento ilícito (artigo 9º); b) atos que causem prejuízo ao erário (artigo 10); c) atos que atentem contra princípios da administração (artigo 11).
"A violação de princípio é o mais grave atentado cometido contra a Administração Pública, porque é a completa subversiva maneira frontal de ofender as bases orgânicas do complexo administrativo." (Probidade Administrativa, 2ª ed., 2.002, Saraiva, p. 259/260)
a
Se forem denunciados ao Ministério Público, os atos de improbidade administrativa deverão ser rigidamente punidos, inclusive com suspensão dos direitos políticos e perda da função pública.

terça-feira, 26 de maio de 2009

* PRESENTE DE MÃE

Jamais foi visto na história administrativa de Ipu, que um prefeito deixasse para seu sucessor uma quantia em caixa tão grande quanto a recebida pelo prefeito Sávio Pontes.
Vejamos abaixo o saldo das contas da Prefeitura Municipal de Ipu em 31 de Dezembro de 2008.
Clik nas imagens, são 3 páginas.



R$ 2.083.126.54 (Dois milhões e oitenta e três mil, cento e vinte e seis reais e cinquenta e quatro centavos)
Achando pouco o que a ex prefeita Corrinha deixou em caixa, o prefeito Sávio Pontes se apropriou indevidamente do rateio do FUNDEB dos professores deixado depositado em conta pela ex prefeita e não pagou o salário de alguns funcionários atrasados.

Vá gostar de dinheiro assim na . . .
a
a
Obs.: Se a atual administração contestar algum dos valores acima, postaremos aquí o extrato bancário.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

* JUÍZA CASSA MANDATO DO PREFEITO DE GRANJA.

A Juíza Daniela Lima Rocha, da Comarca de Granja, cassou, nesta segunda-feira, o mandato do Prefeito de Granja, Esmerino Arruda (foto) por abuso do poder econômico. A denúncia de abuso de poder econômico foi feita pelo advesário de Esmerino, Romeu Aldigueri, que disputou a eleição pela Coligação Granja da Mudança e do Emprego e ficou em segundo lugar. Aldiguere deve tomar posse ainda hoje. O assessor jurídico de Aldiguere, o advogado Vicente Aquino, juntou documentos e testemunhas para apresentar as denúncias contra Esmerino Arruda que, no dia primeiro de janeiro deste ano, assumiu, pela terceira vez, o cargo de prefeito do Município. Esmerino recorrerá da decisão da juíza local. Multidão se reúne neste exato momento em Granja para comemorar o mandato de Romeu em frente de sua casa, na R. Pessoa Anta, onde acontecerá passeata a parir das 15:00h.
Venho aqui parabenizar Romeu Aldigueri, que não se deixou intimidar pelas forças oligárquicas do atraso e combateu o bom combate em defesa do povo de Granja. Portanto, a vitória de Romeu é uma valorosa vitória da Democracia.
Parabéns ao Povo de Granja.

domingo, 24 de maio de 2009

* O ANTIGO LIXÃO DE IPU FOI REINAUGURADO

Antigamente, quem vinha de Ipueiras para Ipu, era recepcionado por um cartão postal nada agradável, era o lixão de Ipu, que ficava nas margens da CE 187, a aproximadamente 02 quilômetros da cidade. O antigo lixão era uma vergonha para os ipuenses, sem falar do mau cheiro, urubus e a constante fumaça. Não tenho certeza, mas acho que foi na gestão de Simão Martins que o lixão foi transferido para outro local.

Agora no Novo Tempo, o antigo lixão de Ipu foi reinaugurado, e voltou com força total. Só falta agora o secretário de infraestrutura tomar a mesma postura do secretário do meio ambiente em relação ao riacho ipuçaba e informar nas 04 rádios do prefeito que um lixo é de primeira qualidade.

Confiram as imagens abaixo e tirem suas conclusões.















* Políticos punidos pela Justiça Eleitoral

Fonte: Jornal a Folha
a
A punição contra os políticos que cometeram crimes eleitorais nas eleições de outubro de 2008, começou acontecer principalmente nas cidades da região norte do Estado do Ceará. Alcântaras, Acaraú, Santa Quitéria e Sobral, os juízes eleitorais resolveram punir os gestores municipais.Em Sobral a punição foi contra os candidatos a vereador Marco Prado e Chico Jóia. Marco Prado foi cassado por ordem do Juiz Eleitoral, Jorge Di Ciero Miranda, que responde pela 24ª Zona. Por decisão do Juiz Haroldo Correia de Oliveira Máximo, que concedeu liminar suspensiva, Marco Prado foi reconduzido ao cargo de vereador. Depois do Vereador Marco Prado, a Justiça Eleitoral de Sobral, cassou o diploma do suplente de vereador Francisco Linhares da Ponte, “Chico Jóia”. A decisão coube também ao Juiz Eleitoral Jorge Di Ciero Miranda, e está baseada num possível "oferecimento de dinheiro em troca de votos, comportamento de boca de urna, evidenciando a captação ilícita de sufrágio".Em Alcântaras, a Justiça Eleitoral puniu de uma só vez, o prefeito eleito, Raimundo Gomes Sobrinho (Raimundo Manduca), o vice-prefeito, Joaquim Benício e o presidente da Câmara, Antônio Marcos Ximenes Carvalho. Eles foram condenados pelo juiz Jorge Di Ciero Miranda, crime de abuso de poder político e ameaças aos eleitores.Dentre as principais provas encontradas pela Justiça Eleitoral, a dispensa dos serviços de Antônio Rodrigues Sousa, realizada com o intuito de atender interesses dos impugnados; Desmandos praticados pela administração municipal, pelo uso da máquina administrativa; e ficou evidenciado que o estudante Jamilson Magalhães Mendes foi indevidamente constrangido e houve tentativa de impedí-lo de utilizar transporte escolar público.Depois de ter sido afastado pela justiça, por um período de oito dias, o prefeito Raimundo Manduca conseguiu na Justiça, o direito de permanecer no cargo até que o TRE julgue a decisão do juiz da 24ª zona eleitoral.No mesmo período em que foram afastados o prefeito, vice-prefeito e presidente da Câmara de Alcântaras, a população do município de Santa Quitéria também recebia a notícia do afastamento do prefeito eleito pelo PSDB, Chagas Mesquita, bem como do vice-prefeito Eduardo Monte. A Justiça Eleitoral acatou a denúncia de compra de voto realizada pelo Ministério Público Eleitoral. “O atual prefeito já foi afastado e o presidente já está apto a assumir, pois sua posse deve ser imediata”, dizia naquela ocasião, Elton Leão, promotor de Justiça de Santa Quitéria. Chagas Mesquita e Eduardo Ponte, por decisão de uma liminar continuam nos cargos.Segundo Elton Leão, foi apreendido, na madrugada do dia quatro de outubro, véspera de eleição, um carro de propriedade do prefeito Chagas Mesquita com listas de nomes de eleitores com dinheiro destinado à compra de votos e mais um valor bruto de R$ 14 mil reais nas dependências do veículo. “Esses documentos representam a contabilidade das compras de voto e são vestígios muito claro de crime”, frisou o promotor de justiça. Depois foi a vez do juiz eleitoral de Acaraú, Cláudio Augusto Marques Sales, decidir pelo afastamento do atual prefeito de Acaraú, Pedro Fonteles dos Santos, do PT. Pedro Fonteles foi afastado na terça-feira, dia 19, acusado de durante as últimas eleições, ter feito propaganda eleitoral irregular, com a confecção e distribuição de camisas de campanha aos eleitores. Quem assumiu interinamente a prefeitura de Acaraú foi o presidente da Câmara, José Edilson Araújo.
A
Por Wilson Gomes

sábado, 23 de maio de 2009

* RABO PRESO? -

O comentário abaixo foi copiado do site da AFAI, vejam só:

Fracassou a tentativa da "prefeita" Luiziane Lins de decretar situação de emergência na cidade de Fortaleza (CE)Nem precisa dizer qual era o verdadeiro interesse da despreparada gestora da capital cearense, até o MOG, sabe.Bem que o Jornal O POVO tentou ajudar a "prefeita", fazendo uma pesada campanha "publicitária" durante toda a semana através de capas e manchetes de primeira página.Para quem não tem acesso ao O POVO vou reproduzir as "peças" (capas e manchetes de primeira página) do O POVO para a campanha da Srta. Luiziane. segunda-feira (18) - "76 mil alunos sem aula por causa das chuvas" (uma foto de meia página mostra uma sala de aula, ocupada por donativos)terça-feira (19) - "Luiziane Lins anuncia situação de emergência". (uma foto de meia página com um buraco enorme). quarta-feira (20) - "Buracos já desviam uma em cada 4 rotas de ônibus" (foto com 1/4 de página)quinta-feira (21) - " Cidade submersa" (página inteira com fotos de áreas alagadas). Uma situação que normal em Fortaleza, mesmo qundo as precipitações são poucas. sexta-feira (22) - "Chuvas até julho". Sábado (23) - "Luiziane recua e não decreta emergência" ( ao lado uma foto da "prefeita" com uma pá na mão e o pé num monte de asfalto) Seria muito bom se o jornal adotasse a mesma linha para denunciar o estado de abandono que encontra-se Fortaleza há mais de 4 anos. Não é de hoje e nem de ontem (mas de 4 anos e 5 meses para cá) que buracos e lixos espalhado pelos quatro cantos da cidade foram agrados ao visual da cidade. Parece que depois que morreu o seu comandante, o jornal O POVO ficou a deriva. Vergonha! Paulo Rocha - paulurocha@uol.com.br

Incrível é que no referido site não há nenhum comentário sobre o estado de abandono de nossa cidade, das notícias mentirosas publicadas em jornais, nem sobre os dois decretos de emergência falsos do prefeito Sávio não Licitando Pontes.

Já está na hora de mudar o nome dessa associação, minha sugestão seria ASSOCIAÇÃO DOS FALSOS AMIGOS DE IPU.

a
Se o amigo Paulo Rocha se sentir prejudicado ou tiver algum problema de propriedade intelectual, entre em contato através do e-mail ipuceara2009@bol.com.br que tiraremos imediatamente o seu conteúdo do Blog.

* OAB ameaçou entrar com ação na Justiça contra o Decreto de Emergência de Luizianne

Na última terça-feira, a prefeita de Fortaleza levantou a possibilidade de decretar estado de emergência. As razões anunciadas que justificariam o decreto eram os problemas na malha viária da cidade, na área de saúde e a vinda de imigrantes do interior para a Capital, em conseqüência das enchentes registradas em vários municípios cearenses no primeiro semestre deste ano. O fato foi criticado por opositores da Câmara Municipal e Assembléia Legislativa. A Ordem dos Advogados do Brasil, secção Ceará (OAB-CE) chegou a informar que se o decreto não fosse bem fundamentado, entraria com uma ação de inconstitucionalidade.
A prefeita de Fortaleza Luizianne Lins desistiu de decretar estado de emergência no município por conta das chuvas. Ontem, em coletiva a imprensa, ela anunciou que, após analisar a situação da cidade, viu que estava “melhor do que se pensava”. No entanto, lançou a tão aguardada Operação Tapa-Buracos para melhorar a malha viária da cidade.

O benefício do decreto de emergência é a possibilidade do município receber recursos dos governos Federal e Estadual mais rápido. Viabilizaria também obras com dispensa de licitação.

sexta-feira, 22 de maio de 2009

* MAIS UMA.

O prefeito Sávio Pontes acha que todos os ipuenses são abestados, ele teve a audácia de afirmar que a quadra que está sendo construída na escola Estadual de Ensino Médio Delmiro Gouveia é uma realização sua (para os menos esclarecidos acharem que é uma obra da prefeitura). Será que sua excelência municipal já modificou a Constituição Federal e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação. As duas afirmam que a obrigação do município é apenas com a Educação Infantil e o Ensino Fundamental, o Ensino Médio, fica por conta do Governo do Estado. A escola Delmiro Golveia não pertence à prefeitura e sim a rede Estadual, vejam o site da Secretaria de Educação do Estado do Ceará – SEDUC e leiam essa notícia http://portal.seduc.ce.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=421:alunos-de-43-escolas-no-interior-do-ceara-ganharao-quadras-esportivas&catid=14:lista-de-noticias&Itemid=76

É prefeito Sávio, parece que essa também não colou.

* SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA.

Parece que a Secretaria de Infraestrutura de Ipu mudou de endereço, o secretário estava despachando no bar da Chica da Rampa (Bibí), o trabalho estava bem animado e regado a cerveja. Encontrava-se também no local, alguns assessores e veículos locados da prefeitura.
A poucos metros dalí, nos deparamos com o terror dos motoristas, uma cratera enorme e bastante antiga, os motoristas arriscam-se na contra mão, pois veículos pequenos correm o risco de ficarem presos.


Para desespero dos motoristas, um pouco mais distante, no outro lado da cidade, outra cratera que está tirando o sono de quem trafega pelo Bairro boa Vista.


Incrível é que esses transtornos seriam resolvidos com menos de R$ 400,00, vejam só: 02 carradas de pedras que custa o equivalente a R$ 100,00 cada uma e duas carradas de areia no valor de R$ 80,00 cada. Isso comprova que o problema é simplesmente falta de compromisso dos administradores.
Não há justificativa, e também não podem por a culpa no inverno, pois em anos anteriores, em pleno inverno, eram feitos calçamentos, asfalto e apiçarramento de estradas.

quinta-feira, 21 de maio de 2009

* MISTÉRIOS DO NOVO TEMPO

O mundo está sofrendo uma intensa crise financeira, e para piorar mais ainda a situação de nosso sofrido município, o prefeito Novo Tempo afirmou que o Ipu foi atingido por duas catástrofes naturais, primeiro uma seca e depois enchentes, o mesmo, como não é “besta” e mostrando-se preocupado com a população, tratou logo de providenciar dois decretos, atestando que o município está em estado de emergência (o primeiro por falta de chuvas e o segundo por excesso de chuvas). O primeiro decreto lhe rendeu 90 dias de dispensa de licitação (eita!), entre outras coisas. Tudo de acordo e com a aprovação da maioria absoluta de nossos excelentíssimos representantes da Câmara Municipal.
Aqui prá nós, como é que, o município estando nessas condições (segundo o prefeito Novo Tempo) ainda se dá o luxo de:
a
* Aumenta para 15 o número de secretarias, com dois secretários em cada uma;
* Criar uma mega estrutura administrativa com 333 cargos de confiança e um gasto de mais de 300 mil reais mensais;
* Gastar mais de Meio Milhão de reais com as bandas do carnaval;
* Aumentar seu salário e o de seus secretários. (7,5 para 11 mil e 1,8 para 3 mil);
* Aumentar o valor de suas diárias e ajuda de custo;
* Publicar no jornal, a realização de um pregão para o fretamento de uma aeronave para uso de seu gabinete;
* Patrocinar festas para esportes radicais (da elite), construindo inclusive pistas de bicicros e rampa de asa delta;
* Investir recursos do município em uma quadrilha junina.
a
Essas contradições nos fazem pensar que estamos falando de cidades diferentes, duas realidades. Más, tudo isso está acontecendo em Ipu no estado do Ceará;

* AGRADECIMENTO A TODOS OS VISITANTES

Caros visitantes,
A
Gostaria de agradecer imensamente aos leitores assíduos. Agradecer a vocês por tudo, pelos e-mails de apoio, os elogios, aos 1.190 visitantes deste blog em menos de 72 horas. Sem a ajuda de vocês, a máscara do Novo Tempo não estaria caindo.
E fiquem ligados pois, estaremos publicando mais notícias de interesse dos ipuenses.
A
Atenciosamente.
Ipu Ceara 2009

quarta-feira, 20 de maio de 2009

* OS DECRETOS FALSOS DO PREFEITO DE IPU.

O prefeito Sávio Não Licitando Pontes, no mês de Janeiro de 2009, decreta situação de emergência no Município de Ipu, em virtude da estiagem provocada pela falta de chuvas.
Mas, segundo a FUNCEME – Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos, no mês de Janeiro de 2009, choveu 181,4 milímetros no Distrito de Flores e 106,9 milímetros na sede de Ipu, ou seja, ficou dentro da média histórica.
Já no dia 28 de Abril de 2009, decreta situação de emergência, a área do município afetada por intensas precipitações pluviométricas.
O incrível é que de acordo com os dados publicados no site da AFAI, em 2009 choveu em nosso município 1.292 milímetros, um pouco acima da média. Para vocês terem uma idéia, em 2004, choveu 1.323 mm e em 2006, 1.006 mm. A maior chuva registrada pelo pluviômetro da família Borís foi no dia 09 de Abril e não passou de 70 mm.
Em resumo: Sávio Mentira Pontes, primeiro, decretou estado de emergência porque não choveu, depois, porque as ruas e as estradas estão esburacadas e a chuva muito molhada.
Existe um órgão federal que dita os critérios para a decretação de estados de Emergência e Calamidade. Chama-se Secretaria Nacional de Defesa Civil, e atende na internet no site http://www.defesacivil.gov.br/. Na página principal do órgão, há um link — uma palavrinha sublinhada que clicada leva a outra página — chamado “critérios” para a decretação de uma situação de Emergência ou Calamidade Pública.
Lá a Secretaria Nacional de Defesa Civil ensina:
“A decretação de situação de emergência ou de estado de calamidade pública não é e não deve ser feita com o objetivo único de recorrer aos cofres do Estado ou da União, para solicitar recursos financeiros.”
A Defesa Civil nacional também explica que para caracterizar uma situação de Emergência ou Calamidade, é preciso avaliar duas coisas: a intensidade dos danos e a ponderação dos prejuízos.
Bem, ainda que se faça uma concessão à avaliação do prefeito Sávio Mentira Pontes e se aceite a afirmação de que Ipu vive um “quadro deplorável” — e façamos justiça, a coisa está feia mesmo –, mas o “quadro deplorável” não é o resultado de um desastre ou de um acidente. E os critérios da Defesa Civil Nacional são bem claros quando falam, em toda a página, de “desastres”.
No site, fica claro do que a Defesa Civil fala: feridos graves, desaparecidos, mortos, desabrigados. Os danos materiais são escolas e hospitais, públicos ou privados, além de residências, atingidas pelo desastre.
Então sobram algumas perguntas simples: Quantas pessoas estão desaparecidas, desabrigadas, feridas e mortas em Ipu, por conta da falta de chuva ou da chuva? Onde estão alojadas as 424 pessoas desabrigadas que o prefeito publicou nos jornais? Onde estão os 107 prédios destruídos? Onde estão os 3.000 alunos sem aula?
O site também traz uma tabela dos desastres naturais que podem atingir uma cidade como Ipu, como nevascas, tsunamis, queda de meteoros, tornados, enchentes, terremotos, enxurradas e erupções vulcânicas.
Aí vem outra pergunta: qual foi o desastre natural que atingiu Ipu?
O decreto de Sávio Não Licitando Pontes é uma anomalia administrativa, só explicada à luz da necessidade de acesso aos tais cofres do Estado e da União
Encontrar o caminho do desastre natural para conseguir dinheiro, convenhamos, é muita coragem para ser chamado de cara-de-pau. Em 2009, a cidade de Ipu não foi atingida por nenhuma seca e tivemos uma quadra invernosa um pouco acima da média. Ninguém se feriu, ninguém morreu.
Hoje a cidade de Ipu precisa de reparos profundos, a situação é realmente ruim. Daí a ser uma situação de emergência, vai uma distância que só pode ser mensurada pelos critérios tão pertenses de malandragem e de conivência da imprensa.
Mas tudo bem, há os piadistas, os coniventes e os curiosos.
As piadas dos humoristas envelhecem, o presentinho dos coniventes acaba, e a curiosidade dos curiosos explica todo o resto.

* MPMA ACIONA PREFEITO DE CHAPADINHA POR DECRETAR FALSO ESTADO DE EMERGÊNCIA.

A titular da 1ª promotoria de justiça de Chapadinha, Doracy Moreira Reis, propôs ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra o prefeito daquele município, Magno Augusto Bacelar. Segundo a promotora, a Defesa Civil não encontrou elementos que fundamentassem o estado de emergência decretado pelo gestor em abril.
"Um dos perigos desta situação é que, quando o município está sob estado de emergência, o aporte de recursos para o município tende a aumentar e o gestor fica liberado da obrigação de realizar licitações", alerta a promotora. "Se mal utilizadas, essas vantagens podem facilitar os danos ao erário".
a
Critérios - De acordo com a Secretaria Nacional de Defesa Civil, ligada ao Ministério da Integração Nacional, o estado de emergência é decretado por causa da ocorrência de desastres, quando o município necessita tomar medidas excepcionais, de urgência, ou ainda, já comprometeu toda sua capacidade administrativa. O assunto é regulamentado pelo Conselho Nacional de Defesa Civil, que instituiu sistemática, critérios e procedimentos para a decretação.
É necessária a ocorrência de uma situação anormal, em uma área do município, que determine a necessidade de o prefeito declarar estado de emergência ou estado de calamidade pública, para ter efeito "na alteração dos processos de governo e da ordem jurídica, no território considerado, durante o menor prazo possível, para restabelecer a situação de normalidade".
A situação é caracterizada de acordo com a intensidade dos prejuízos sócio-econômicos e dos danos humanos, materiais e ambientais. A decretação do estado de emergência não é e não deve ser feita com o objetivo único de recorrer aos cofres do Estado ou da União, para solicitar recursos financeiros.

* TRE-CE QUER CONCLUIR PROCESSOS ATÉ AGOSTO.

O julgamento das ações judiciais relacionadas ao pleito eleitoral de 2008 por parte do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Ceará só será concluído em agosto. A previsão é da presidente da Corte eleitoral cearense, desembargadora Gizela Nunes da Costa. Ela conta que apenas uma pauta de julgamentos do TRE chega a ter até 45 processos ainda para serem julgados. O grande problema, segundo a presidente do TRE-CE, é o fato de os juízes eleitorais acumularem as funções da justiça comum e também as diligências e etapas do processo de julgamento das ações.
A desembargadora Gizela Nunes, que assumiu a Corte interinamente em março passado, substituindo a desembargadora Huguette Braquehais, disse, em entrevista ao Diário do Nordeste, que está solicitando que, mesmo com a sobrecarga, os juízes dêem prioridade às sentenças relacionadas ao Eleitoral por conta de a eleição ter ocorrido ainda em 2008.
´Estamos pedindo prioridade. Nas sessões do TRE nós temos pautas de 45 processos, de 30 processos que ainda estão sendo julgados´, destacou a desembargadora, ao enfatizar que são diversas as ações de recursos, diplomação de candidatos eleitos e até mesmo as ações de conduta vedada para o exercício de cargos públicos que devem ser avaliadas no período das convenções partidárias, há quase um ano.
b
Fonte: Diário do Nordeste

* PREFEITA DE BARREIRAS E VEREADOR MARCOS PRADO DE SOBRAL FORAM CASSADOS.

A prefeita de Barreiras, Jurmari Oliveira (PR), teve o mandato cassado na tarde desta terça-feira (19) pelo juiz daquela comarca Eustáquio Ribeiro Boaventura. Ela é acusada de ter cometido uma série de irregularidades na última eleição, a exemplo de compra de votos, distribuição de combustível e transporte de eleitores. Segundo informações extra-oficias, Jusmari está em deslocamento para a capital do Estado com o intuito de reverter a sentença junto ao Tribunal Regional Eleitoral.
a
a
a
Já o Vereador sobralense Marco Prado foi cassado dia 18 por ordem do MM Juiz Eleitoral, Dr. Maurício Fernandes, que responde pela 24ª Zona. O parlamentar teve seu mandato cassado sobre acusação de compra de votos na eleição de outubro de 2008 no distrito de Jaibaras. O vereador recorreu e voltou à Câmara através de liminar suspensiva.
O deferimento concedido à liminar destaca: "Pelo exposto, em análise superficial, presentes os pressupostos autorizadores, concedo a liminar requestada para imprimir efeito suspensivo ao Recurso Eleitoral proposto contra a sentença proferida pelo Juiz Eleitoral da 24ª Zona, em Sobral, nos autos do Processo n° 351/2008, até o seu julgamento por esta Corte Eleitoral. Comunique-se por fax ao Juízo Eleitoral da 24ª Zona".
Ou seja: o parlamentar ficará no cargo até ser julgado pelo TRE.

terça-feira, 19 de maio de 2009

* COMO SABER A QUANTIDADE DE DINHEIRO QUE SEU MUNICIPIO RECEBE.

Basta abrir o site do Banco do Brasil no link https://www13.bb.com.br/appbb/portal/gov/ep/srv/daf/index.jsp coloque o nome do município, depois clica em continuar. Na próxima janela, você seleciona novamente o nome do município, a data inicial e final (lembrando que deve ser sempre de 2 em dois meses), é só clicar em OK que você estará diante de toda arrecadação federal depositada nas contas da prefeitura no período escolhido.

Para saber os recursos da SAÚDE, abra o site do Fundo Municipal de Saúde no link http://www.fns.saude.gov.br/consultafundoafundo.asp?limpa=ok depois selecione o estado, depois o município, o ano, na opção mês, pode ser todos, depois clica em consultar, irá abrir uma nova janela, é só clicar em PREF MUN IPU e você estará diante de todos os recursos que a Secretaria Municipal de Saúde recebe.
a
Não podemos esquecer a arrecadação própria do município, que não é disponibilizada na internet, são:
ITBI – Imposto Sobre a Transmissão de Bens Imóveis;
ISS – Imposto Sobre Serviços;
IPTU – Imposto Predial e Territorial Urbano;
Taxas;
Alvarás;
Alugueis de boxes;
Arrecadação da feira, entre outros;

* ACARAÚ: PREFEITO PEDRO FONTELES É CASSADO.

O prefeito do município de Acaraú, na Região Norte do Ceará, Pedro Fonteles, foi cassado nesta terça-feira (19), pelo juiz eleitoral Cláudio Augusto Máximo.
A coligação adversária, do candidato à prefeitura Manuel Duca da Silveira, denunciou Pedro por abuso do poder econômico. O vice-prefeito Edmundo Silveira, também teve seu mandato cassado. O presidente da Câmara Municipal, Edilson Salgueiro, assume a prefeitura de Acaraú.
O advogado do prefeito, Jales Figueiredo, está preparando o recurso junto ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral), juntamente com a ação cautelar de efeito suspensivo da sentença.

* NOTÍCIAS MENTIROSAS PUBLICADAS EM JORNAIS.


D O que dizer de um administrador que não tem a mínima vergonha de mentir descaradamente a respeito de nosso município nos principais meios de comunicação do estado? Clik nas imagens.


















B
























No jornal O Povo foi publicado que temos 3.000 alunos sem aula devido as cheias, mais que o municipio de Sobral. O que será que a competentíssima secretária de educação acha disso? Pelo visto, ela entende mais de mentiras do que de educação.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

* MAIS UMA CABELUDA.

Foi publicado hoje 18/05 no jornal O Povo, na página 09 uma manchete com o título “Lições de Uma Enchente”, nessa manchete, há um gráfico com os municípios e a quantidade de alunos que estão sem aula por causa das cheias. É difícil acreditar, más aparece o Ipu com 3.000 (três mil) alunos sem aula devido às cheias. Isso é uma falta de vergonha, é querer zombar da cara dos ipuenses. A cada dia, é uma mentira mais cabeluda do que a outra, gostaria de saber onde é que vamos parar com tudo isso. Já está mais que na hora de dar um basta nisso.

HISTÓRIAS DO NOVO TEMPO

· O dinheiro do Fundeb foi retirado da conta dos professores para ser dividido em partes iguais para os mesmos;
· O município de Ipu está em estado de emergência devido a estiagem provocada pela FALTA DE CHUVAS;
·No Ipu 14.448 pessoas foram atingidas pelas enchentes, 133 pessoas feridas leves, 01 gravemente ferida e 01 morta;
· Todos os prestadores de serviço do Ipu estão em dia;
· O município de Ipu está em estado de emergência devido às FORTES chuvas, enchentes;
· No Ipu, as chuvas torrenciais e enchentes, causaram danos no abastecimento de água, energia e no sistema de transporte;
· Vou conceder um aumento de 80% para os professores municipais;
· Nos 04 primeiros meses de minha administração, já fiz mais pelo Ipu do que nos 04 anos da anterios, o que fizer daquí pra frente será lucro;
· No Ipu, temos 424 pessoas desabrigadas, 01 pessoa morta, 09 pessoas feridas e 107 prédios destruídos;
· A cidade de Ipu está com 3.000 (três mil) alunos sem aula devido às cheias.

Todas as mentiras acima são comprovadas através de decretos e reportagens em jornais pagas com os nossos impostos.

* MAIS UMA CABELUDA

Foi publicado hoje 18/05 no jornal O Povo, na página 09 uma manchete com o título “Lições de Uma Enchente”, nessa manchete, há um gráfico com os municípios e a quantidade de alunos que estão sem aula por causa das cheias, É difícil acreditar, más aparece o Ipu com 3.000 (três mil) alunos sem aula devido às cheias. Isso é uma falta de vergonha, é querer zombar da cara dos ipuenses. A cada dia, é uma mentira mais cabeluda do que a outra, gostaria de saber onde é que vamos parar com tudo isso. Já está mais que na hora de dar um basta nisso.

HISTÓRIAS DO NOVO TEMPO

· O dinheiro do Fundeb foi retirado da conta dos professores para ser dividido em partes iguais para os mesmos;
· O município de Ipu está em estado de emergência devido a estiagem provocada pela FALTA DE CHUVAS;
·No Ipu 14.448 pessoas foram atingidas pelas enchentes, 133 pessoas feridas leves, 01 gravemente ferida e 01 morta;
· Todos os prestadores de serviço do Ipu estão em dia;
· O município de Ipu está em estado de emergência devido às fortes chuvas;
· No Ipu, as chuvas torrenciais e enchentes, causaram danos no abastecimento de água, energia e no sistema de transporte;
· Vou conceder um aumento de 80% para os professores municipais;
· Nos 04 primeiros meses de minha administração, já fiz mais pelo Ipu do que nos 04 anos da anterios, o que fizer daquí pra frente será lucro;
· No Ipu, temos 424 pessoas desabrigadas, 01 pessoa morta, 09 pessoas feridas e 107 prédios destruídos;
· A cidade de Ipu está com 3.000 (três mil) alunos sem aula devido às cheias.

Todas as mentiras acima são comprovadas através de decretos e reportagens em jornais pagas com os nossos impostos.

sábado, 16 de maio de 2009

* VÍDEO DO QUADRO DA IGREJINHA.

Esse vídeo é cômico e ao mesmo tempo triste, pois retrata o total estado de abandono com as praças de Ipu na administração Novo Tempo.

* ESTÃO MATANDO A EDUCAÇÃO IPUENSE -


O desabafo abaixo foi enviado via e-mail
“MORIBUNDA?! DIFUNTA?! Resposta aos comentários feitos no site da Afai, sobre a educação ipuense.

Estornar o rateio do FUNDEB das contas dos professores, não é matar a educação ipuense??

Ludibriar os professores com manobras imorais e inconstitucionais através do piso salarial tirando-lhes os direitos adquiridos (gratificações) não é, matar a educação ipuense??

Colocar professores O/A de orientadores de aprendizagem em situação salarial rebaixada, comparação aos polivalentes, não é matar a educação ipuense??

Municipalizar escolas estaduais aproveitando apenas a estrutura física, perdendo laboratórios de ciências e de informática para outras cidades e ainda comemorar, dizendo que assim irá evitar os alugueis de casas que causam despesas para o município,quando na verdade sabemos que as casas continuam alugadas, algumas as mesmas e outras que foram substituídas, isso não é matar a educação ipuense??

Demitir professores e funcionários da educação concursados, com a justificativa de que a convocação foi ilegal e ainda dizer que não tem vagas, quando na realidade sabemos que as vagas existem e são ocupadas por contratos de interesse eleitoreiro, isso não é matar a educação ipuense??

Colocar professores de apoio (muitos), depois remaneja-los em pleno mês de abril, modificando a carga horária das escolas, causando transtorno à escola e aos alunos, isso não é matar a educação ipuense??

Disponibilizar às escolas um cardápio de merenda escolar através de uma nutricionista, e não cumprir ou modificá-lo por falta da quantidade ou do produto necessário, isso não é matar a educação ipuense??

Prometer em campanha eleitoral carros adequados e em quatro meses de administração,não respeitar, pelo menos a condição de manutenção dos transportes escolares, isso não é matar a educação ipuense??

Contratar professores sem pelo menos o curso pedagógico completo, isso não é matar a educação ipuense??

Colocar em cargos comissionados professores que não tem respeito pela classe e ameaçam literalmente os professores em pleno planejamento dizendo: “se não desligarem os celulares a gente corre atrás e toma”, se essa medida tão radical a respeito do uso dos celulares foi adotada por parte da supervisora da Educação de Jovens e Adultos, aliás diga-se de passagem, ela não tem vínculo nenhum com o município; se assim age para liderar......! isso não é matar a educação ipuense??

Promover pessoas inexperientes para liderar uma escola com quantidade significativa de alunos, pessoas que não trabalham em equipe, já expulsaram duas diretoras e desmotivam as colegas, isso não é matar a educação ipuense??

Mandar professor formarem turmas de E.J.A par que possam ser contratados para que após as turmas formadas possa demiti-los e colocar um concursado na vaga antes não existente, isso não é matar a educação ipuense??

Sustentar salas de E.J.A com uma frequência mínima de alunos é imoral, sabemos que a matrícula não corresponde ao número de alunos que freqüentam, um exemplo entre muitos, está na escola Moacir Alves Timbó, isso não é matar a educação ipuense??

Atrasar o salário dos professores, e ofertar para as mães rosas e brindes da boticário (aliás sabemos qual a finalidade da compra) quando na verdade precisávamos mesmo, era do nosso salário, para passarmos o dia das mães decente. Isso não é apenas matar a educação, vejam a decepção dos comerciantes, isso é tentativa de assasinato duplo.

Durante a campanha prometer apoio à educação, e retirar de maneira arbitrária o transporte dos universitários, isso não é matar a educação ipuense??

No site da Afai um determinado ipuense, perguntava se a educação teve morte súbita?! Amigo ipuense, sou educador da rede municipal e registro neste espaço sem nenhum interesse próprio ou político, digo-lhe que todo conhecimento de causa, que não foi morte súbita.

Os indicadores educacionais externos há muito tempo vem alertando sobre o nível de aprendizagem de nossos alunos e como bem ressaltou a secretária de Educação no Slogan trabalhado “ Educação fruto da ação de todos” somos todos responsáveis pela “morte” da educação, direta ou indiretamente.

Porém não podemos esquecer que existe um fator agravante para toda a doença; acreditei no novo tempo, como quem acredita na CURA de uma doença, no entanto o que vejo é a falta de cuidados em função da melhoria da educação.Infelizmente quem prometeu cuidar, salvar a educação está contribuindo par que seja arrancada de nós a ESPERANÇA DE SALVAR A EDUCAÇÃO.

Não é hora de apontarmos erros do passado, não podemos mais admitir esse jogo de empurra-empurra, a hora é de ação, não há tempo nesse novo tempo para a comparação, precisamos urgentemente de um sopro de VIDA para a EDUCAÇÃO IPUENSE.É muito forte quando admitimos a MORTE DA EDUCAÇÃO A EDUCAÇÃO É BASE DE UM POVO. Não podemos admitir morte alguma, apesar dos inúmeros motivos que a leva a morte e das incontáveis tentativas de assassinatos, tenho FÉ de que a EDUCAÇÃO apesar de tão doente resista. Sei que são muitas as sequelas desse trauma e acredito que a recuperação seja lenta. Ficaremos vigilantes para que os oportunistas não venham desligar os aparelhos da EDUCAÇÃO, ESTAREMOS ATENTOS PARA ALGUNS. Seria interessante que nossa EDUCAÇÃO continuasse moribunda, assim muito dinheiro .......

Educadores ipuenses apesar de tudo ainda devemos sonhar,... nossa luta será árdua, não sabemos do futuro, mas podemos planejá-lo no presente e cabe a nós cuidar da educação. Não vamos mais admitir as receitas e remédios ineficazes com preços exorbitantes, o raio X da educação foi divulgado ELA ESTA MORIBUNDA disse nosso amigo no site: Vamos deixar que essa morte aconteça?!!

Mesmo que tudo isso contribua para a morte da EDUCACÃO, podemos contribuir para salva-la.Lembre-se: UM POVO UNIDO JAMAIS SERA VENCIDO. DESABAFO DE UM PROFESOR DA REDE MUNICIPAL”

* DESABRIGADOS (FANTASMAS) EM IPU.

Quem ler o Diário do Nordeste de hoje, 16/05, na página 14, vai se deparar com a seguinte notícia: “O prefeito Sávio Pontes decretou estado de emergência em Ipu. Cerca de 420 pessoas estão desabrigadas e mais de centenas de ipuenses já sofreram, em decorrência das chuvas torrenciais e enchentes, além dos danos no abastecimento de água, energia e no sistema de transporte. Os números cedidos pela Defesa Civil são: 424 pessoas desabrigadas, 01 pessoa morta, 09 pessoas feridas e 107 prédios destruídos. O prefeito Sávio Pontes decretou Estado de Emergência e já está tomando as providências cabíveis. No bairro Breguedof, no dia 12 de maio último, foram distribuídas sessenta cestas básicas, cinquenta e seis colchões e cinquenta e seis toalhas para os desabrigados”. É importante lembrar que os moradores do Breguedof estavam vendendo colchões no dia seguinte a dez reais.

Na edição do dia 07/05 publicou que no Ipu 14.448 pessoas foram atingidas pelas enchentes, 133 feridos, 01 gravemente ferido e um morto.
No início do ano, através dos Decretos 003/09 e 004/09, secretou situação de emergência no Município de Ipu, em virtude da estiagem provocada pela falta de chuvas.
No evento em comemoração ao dia da educação, informou aos professores em público, que havia concedido um aumento de 80% para os mesmos.

Em uma entrevista numa rádio, informou que todos os funcionários da prefeitura estavam em dia.

Informou também, que nos seus quatro meses de governo já havia feito mais pelo Ipu que nos quatro anos da administração passada e o que fizer daqui pra frente será lucro.

E agora?

sexta-feira, 15 de maio de 2009

* MISSÃO VELHA: MINISTÉRIO PÚBLICO GARANTE PAGAMENTO DE SERVIDORES.

O Ministério Público do Estado do Ceará, através do promotor de Justiça Nestor Rocha Cabral, firmou com o Município de Missão Velha um Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta (TAC), com o objetivo de assegurar o adimplemento dos vencimentos dos servidores públicos relativos ao mês de dezembro de 2008, o qual se encontrava em atraso, informa o site do MP/CE.
O valor devido será quitado parceladamente em três meses, dividido por secretarias, até o 10º dia útil de cada mês, sendo que a primeira parcela já foi paga no início de maio e as seguintes vencerão em junho e julho de 2009, sem prejuízo do pagamento regular dos vencimentos.
Aquí em Ipu, mesmo tendo ficado um saldo nas contas da prefeitura de mais de 1 milhão de reais, o prefeito recusou-se a efetuar o pagamento dos funcionários, referente a 2008 e ainda pegou o dinheiro que já estava na conta dos professores. Pega peste!

* PRESTAÇÃO DE CONTAS – NOVO TEMPO

O Art. 31 da Constituição Federal diz que a fiscalização do Município será exercida pelo Poder Legislativo Municipal, e que as contas dos Municípios ficarão, à disposição de qualquer contribuinte, para exame e apreciação, o qual poderá questionar-lhes a legitimidade, nos termos da lei.
O Art. 49 da Lei de Responsabilidade Fiscal acrescenta ainda que as contas apresentadas pelo Chefe do Poder Executivo ficarão disponíveis, durante todo o exercício, no respectivo Poder Legislativo e no órgão técnico responsável pela sua elaboração, para consulta e apreciação pelos cidadãos e instituições da sociedade.
Infelizmente, descobri hoje, que na Câmara Municipal de Ipu, não se encontra nenhuma pasta com a prestação de contas da atual gestão. Por que será? Será que estão tentando esconder algo?
Inspirado naquele trecho bíblico que incentiva correr atrás de nossos objetivos: “Se Maomé não vai a montanha,a montanha vai a Maomé.” irei na próxima segunda feira até o Tribunal de Contas dos Municípios em Fortaleza e com certeza, trarei bastante novidades sobre a administração Novo Tempo.
Aguardem, descobriremos em breve o mistério dos 12 milhões.

quinta-feira, 14 de maio de 2009

* 4 HORAS DE HUMILHAÇÃO

O banco HSBC Bank S/A foi condenado a pagar R$ 4 mil, a título de indenização por danos morais, a um correntista que teve que aguardar 46 minutos na fila para ser atendido. A instituição infringiu uma lei municipal que determina atendimento no prazo máximo de 15 minutos contados a partir do momento em que o cliente entre na fila. A sentença foi proferida pelo juiz Yale Sabo Mendes, titular do Juizado Especial Cível do bairro Planalto, em Cuiabá.
Já imaginaram quanto seria a indenização dos funcionários da prefeitura de Ipu que passaram 4 horas na fila da Caixa Econômica para receberem seus proventos. No início da noite, a Caixa ainda encontrava-se lotada, o desrespeito foi explícito.
No caso de Ipu, a culpa não foi da Caixa Econômica, e sim do Novo Tempo que transferiu as contas dos funcionários do Banco do Brasil para a Caixa, e deixou para pagar todos os funcionários dia 14, inclusive os que estavam com dois meses de atraso.
Gostaria de saber se o aumento de 80% para os professores anunciado pelo prefeito no Ginásio Coberto foi concretizado, ou já eeeeeera!
Goataria que algum professor me enviasse por e-mail os valores do mês de Março e os de Abril.

* NOVO TEMPO E A IMPUNIDADE

O Ipu aparece novamente na televisão, dessa vez não foram os universitários. Lembram daquele cabo eleitoral do prefeito que tentou assassinar o Zé Roberto no começo do ano e desferiu dois tiros em um inocente? Aquele que tem um irmão, proprietário de um bar no Reino de França, também cabo eleitoral do atual prefeito, que foi contratado pela Secretaria de Ação Social e que agora encontra-se no presídio, pois o mesmo foi pego em flagrante roubando equipamentos da prefeitura? Aquele que mesmo sendo preso em flagrante com a arma do crime, não passou três dias preso?
Pois bem, esse meliante encontrava-se desfilando pela cidade, tomando cachaça nos bares e tirando gosto com um aperitivo um tanto exótico: a orelha de um cidadão que ele havia cortado com uma faca na noite anterior.
Eita!!! É o Novo Tempo e a volta do cangaço!

quarta-feira, 13 de maio de 2009

* IMAGENS ENVIADAS POR INTERNAUTAS

Transporte de alunos









É a Praça de Iracema ou um chiqueiro?

* O PREFEITO CALAMIDADE

Nas grandes secas, prefeitos faziam política em cima da desgraça da população e, escrúpulos às favas, utilizavam o dinheiro federal em proveito próprio e dos amigos, não se acanhando em distribuir migalhas, posando de bons samaritanos. Da mesma forma, espertalhões enriqueciam vendendo alimentos a preços extorsivos, contando, para tanto, com a cumplicidade das autoridades. Isso acontecia na época do coronelismo rural e ocorre igualmente nos tempos atuais e em todos os períodos de adversidades climáticas, cheias ou estiagens.
Parece que nosso prefeito gosta muito de calamidade pública, más, seu prestígio com São Pedro não vai muito bem. Vejam só: No início de sua administração decretou estado de emergência em Ipu por falta de chuvas, São Pedro mandou chuvas acima da média histórica, e agora, ele publica no jornal que temos 14.448 ipuenses atingidos pelas enchentes, 133 feridos, 01 gravemente ferido e 01 morto. (Já ouví falar muito em funcionários fantasmas, más desabrigados fantasmas é a primeira vez).

* A PREFEITURA DE IPU ESTÁ IMPEDIDA DE RECEBER VERBA FEDERAL

O portal CearaAgora realizou uma pesquisa no o Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal – SIAFI e constatou que o município de Ipu está impedido de receber recursos federais por estar inadimplente com o Governo. Infelizmente, o governo federal não tem condições de ajudar os 14.448 ipuenses fantasmas que foram atingidos pelas enchentes. Nosso município está proibido legalmente de receber verbas do Governo Federal devido a três inadimplências. Apelamos ao Sr. Prefeito que preste conta dos recursos deixado pela ex-administração. Não vejo nenhum motivo para não iniciar as obras de urbanização das entradas da cidade na qual ficou depositado em conta 975 mil reais, tem também a praça do cemitério e o ônibus de 170 mil reais. Já estamos no 5º mês de novo tempo e até agora, somente a água que foi no 0800 e o asfalto sonrisal.

* PREFEITO PINÓQUIO

O excelentíssimo prefeito, foi a uma emissora de rádio ontem (12/05) e entre suas afirmações, teve a cara de pau de informar que a prefeitura não estava devendo a ninguém e que todos os funcionários estavam em dia. Essa declaração mentirosa tem causado revolta entre os servidores municipais, que estão passando por constrangimento, principalmente nos comércios onde os mesmos fazem compras para pagar posteriormente. Na realidade, até hoje, 13 de maio, nenhum funcionário municipal recebeu o mês de abril e os contratados (professores) estão com 2 meses atrasados. As professoras passaram o 2º domingo de maio sem receber pagamento (fato inédito). Tem mais, para zombar mais ainda dos ipuenses, achando que somos todos alienados, informou que nos 4 primeiros meses de sua administração, já investiu mais no município do que os 4 anos da anterior. O que vocês acham disso?

terça-feira, 12 de maio de 2009

* O QUE UM PROTESTO NÃO FAZ!

De quarta para quinta (07/05), os universitários chegaram de sobral 4:30 da madrugada. Motivo: O ônibus quebrou e outro faltou combustível no caminho). No mesmo dia, os estudantes reuniram-se com a secretária de educação para reivindicar melhorias no transporte. A secretária informou aos mesmos que a prefeitura estava gastando 60 mil reais por mês com o referido transporte e que o prefeito iria suspender o mesmo por não ser uma obrigação do município, e que era preferível comprar brinquedos para creche com este dinheiro (gravado).
Sem transporte para a universidade e em pleno período de provas, só restava uma solução pra os universitários: Organizaram um protesto pelas principais ruas da cidade que contou inclusive com a participação da imprensa (TV Verdes Mares e Jangadeiro), além de ser destaque dos principais meios de comunicação do estado.
Resultado: O prefeito anunciou hoje em rádio que já havia conseguido dois ônibus para os universitários. Além de resolver o problema do transporte, ainda solicitou, junto à Universidade, recesso das aulas por quinze dias, período para solucionar o problema e para a estrada cortada ficar liberada.
Parabéns aos universitários que não baixaram a cabeça, como fizeram professores e funcionários, e lutaram por seus direitos.
O que mais chamou atenção na voz da secretária, foi o valor que a prefeitura estava gastando por mês com o ônibus dos universitários (60 mil reais). No ano passado, a ex-prefeita alugou o ônibus de placas HUA-1360, de propriedade do Sr. Patrício Wagner de Freitas, para o transporte de alunos universitários para a cidade de Sobral, por um valor de R$ 6.250,00 mensais. Quase dez vezes menos. Vamos ficar de olho!

* A TERRA DE IRACEMA ABANDONADA - VERGONHA DE SER IPUENSE

Todas as fotografias postadas abaixo foram feitas 12 de Maio de 2009 - Terça-feira, em todos os cantos da cidade, o cenário é este, se já não bastasse os buracos, matos e animais perambulando pelas ruas, agora é o lixo (de leste a oeste e norte a sul). Que descaso é este? O que houve com a limpeza pública? Será que os veículos que recolhem o lixo fizeram greve? Desde já, agradeço as imagens que me foram enviadas por e-mail. Clik nas imagens para vê-las do tamanho original.
























































































































































































































































































































































































"Não podemos nos furtar de mostrar o Ipu como está. Rogamos às autoridades que providenciem a necessária limpeza dessas ruas para o bem do Ipu e saúde de seus moradores, afinal, cada poça de lama, mato e dejetos é um verdadeiro paraíso para ratos e insetos transmissores de diversas doenças. Amemos de verdade nossa terra! Cuidemos bem dela!” (Ricardo).
 

A transparência

"O dinheiro dos impostos, está indo literalmente pelo ralo, em nossa cidade, o laudo do TCM de engenharia, está pronto e acessivel á todos, é uma "pouca vergonha", as vistorias constataram inúmeras irregularidades, de todos os graus, um verdadeiro desrespeito com os cidadãos. Quem verificar o laudo perseberá claramente os ralos por onde escorrem vultosas quantias, que certamente fazem muita falta as pessoas que necessitam dos serviços públicos. Que mais e mais ipuenses tomem conhecimento, é só acessar o site do TCM e verificar em desmonte- relatório e laudo de engenharia. Boa leitura, e tirem suas próprias conclusões!"
(Samuel baker mororo Aragão - AFAI)



RECORDAÇÕES

A CULTURA POLÍTICA - O BODE