Pages

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

* PF cumpre mandados de prisão e apreensão em prefeituras do Ceará

As sedes das administrações municipais foram vistoriadas.

Investigações do MPE revela esquemas de licitações fraudulentas.

A Polícia Federal (PF) cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão em São Benedito, Tianguá e Ibiapina, municípios do interior do Ceará, na manhã desta quarta-feira (31). Segundo informações da PF, as investigações que desencadearam a operação, denominada “Província 2”, foram conduzidas pelo Ministério Público Estadual (MPE) e visa desarticular suposto esquema de licitações fraudulentas no interior do Ceará.


Segundo o secretário de administração da prefeitura de Ibiapina, Luíz Bezerra França, no município foram presos o secretário de cultura e o presidente da comissão de licitação. Além disso, o secretário confirma o recolhimento de documentos contábeis relativo a licitações e tesouraria da prefeitura de Ibiapina. “Pode ser que exista (irregularidades), mas eu não tenho conhecimento de irregularidades”, diz o secretário França, cuja pasta faz as solicitações das licitações.


G1 fez contato com as prefeituras de São Benedito e Tianguá, servidores confirmaram a presença de policiais federais vistoriando as sedes administrativas, recolhendo documentos e realizando prisões. A PF informou que apenas está auxiliando o MPE no cumprimento dos mandados e que as informações completas sobre a operação serão dadas no fim da tarde desta quarta-feira, na sede do MPE.

sábado, 27 de agosto de 2011

* O SENDEIRO – CHICLETES ALIENANTES E BANANAS PARA O POVO.

O povo sofre de indigestão eleitoral desde a última eleição municipal. Sua cidadania se contrai em cólicas cidadãs provocadas pela intragável ingestão de roubos que se arquivam nas fossas do laxante T.C.M. e da purgativa Assembléia Legislativa. Nauseiam-se ao sentir seu quadro de DIARRÉIA MENTAL piorar ao ouvir as justificativas indigestas do “FECAL” Saviu’s Corruptu’s, quando no seu esgoto radiofônico defeca as mentiras pelos ares nas ondas da mictória Rádio Regional, enquanto os pobres se esvaecem em fezes sólidas e reais ao ar livre em meio ás paredes transparentes dos banheiros fantasmas__ Salve grande “FECAL” Sáviu’s Coruptu’s! Exclama genuflexo Manmatu’s Martins, “O RATICIDA”, seu lacaio previdenciário. __ O povo já não consegue digerir tantos roubos! Esta na hora de dar-lhes pão e vinho para distraí-los. Oh, grande FECAL! ___Pão e vinho? Ora, ora, para o povo dou-lhes BANANA! Ó, ó, ó! Vocifera o corrupto com a mão fechada e o dedo médio esticado. ___Já que lhes dar bananas, daí também chicletes para ruminarem feitos bois nos pastos dos roubos marcados dos currais eleitorais. Aconselha o lambe botas. E o circo eletrônico é montado na arena do coliseu do Grêmio. Clube social também usado como tentáculo para desvios de recursos públicos, que o diga o ex Xaropeiro e agora surdo e mudo OUVIDOR. A banda espalha pelo ar notas musicais de seu repertório contagiante e QUENTE, enquanto os corruptos juntam as notas FRIAS dos banheiros para o enriquecimento ilícito de sua BANDALHEIRA. Tão frias quanto o vento que arrepia as nádegas dos pobres na sua latrina abstrata sem paredes e sem teto. A banda dar início ao show enquanto a BANDA PODRE DA PREFEITURA se afoga em BANHOS de Red Label importado legítimo doze anos. No camarote, ao lado da Carmita’s “A VELHA”, o grande FECAL observa cinicamente o conjunto de Salvador, instrumento de alienação e cala boca, usado largamente pelos políticos corruptos do Nordeste. Os integrantes do grupo tocam freneticamente seus acordes baianos financiados pela melodia desafinada do plágio (corrupção) do dinheiro cearense... “ENTÃO DIGA QUE VALEU, O NOSSO AMOR VALEU DEMAIS! FOI LINDO, FICOU PRÁ TRÁS, QUE PENA FICOU PRÁ TRÁS...” esgoela o cantor. Por um momento Saviu’s Corruptu’s o FECAL, sente-se envolvido por uma constipação nostálgica provocada pela saudade de Ariela’s Piné’s “A VULGAR”, seu amor adultero e visceral, e que neste evento ver-se impossibilitado de tê-la perto em razão da presença da oficial e fantasmagórica primeira dama Andrine “A MANSA”. Porém, é acudido e bajulado com porções de peixes crus servidos na boca pela Jacutinga, “A FEIA”. Observando atento e clinicamente a cara de ameba do povo provocada pela anemia das finanças públicas, percebe alguns mais corados, mais animados, mais intrépidos e pergunta a Fânico “O ANÃO” quem os são. ___São vossos vassalos, vossos súditos, vossos coliformes fecais da Prefeitura, oh grande FECAL! O látex de vossos chicletes majestade Saviu’s Corruptu’s, atuará como borrachas apagando da mente dos alienados os roubos, os desvios, as improbidades. Digerindo estas palavras O FECAL conta seus dividendos políticos e as cédulas amaradas com ligas de gomas de mascar. E chicletiando prazerosamente, SALIVA o resultado satisfatório das bananas que dera ao povo, e risonho comenta baixinho para o “bobo da corte”, Raimundu’s “O DOIDO” __ Bem que se diz que, “CADA POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE”!!!

* COMO SABER SE UM PREFEITO ESTÁ MENTINDO?

O site IN vem realizando uma séria de entrevistas com personalidades que fazem parte da história política de Ipu/CE.

Nesta quinta-feira (25), publiquei um artigo destacando duas perguntas (enviadas por minha pessoa ao site IN), uma para o Dr. Luiz Gonzaga (vice-prefeito de Ipu) e a outra para o Sávio Pontes (prefeito de Ipu).

Um internauta anônimo postou um comentário indicando a matéria do Fantástico "Método detecta mentiras analisando as expressões faciais", para servir como referencia de analise se o prefeito Sávio Pontes estaria mentindo ao responder a minha pergunta. Continue lendo o artigo e veja no vídeo como as expressões do prefeito são bem interessantes!

O Fantástico do dia 27/03/11, apresentou o detetive Wanderson Castilho que analisou as mentiras contadas por pessoas famosas.

Bill Clinton, ex-presidente dos Estados Unidos. Tentou negar o caso com a estagiária. “Ele não sincroniza a velocidade de fala com o movimento das mãos. Normalmente pisca dez a 15 vezes por minuto”, analisa o detetive Wanderson Castilho. 

Somália, jogador do Botafogo, foi à TV declarar que tinha sido sequestrado. 

“Se você notar, as piscadas são rápidas. Mas depois ficam lentas, porque o cérebro não quer ver aquela mentira contada”, diz o detetive. “O cérebro sabe a verdade.“

Seja como for, cuidado com o que você diz. O seu rosto pode estar dizendo o contrário.

Veja o vídeo e tirei suas conclusões



Deixe o seu comentário: Segundo a matéria do Fantástico. Você acha que o sincronismo da fala e as várias piscadas que o prefeito Sávio Pontes realiza no momento que fala: "eu nem conhecia a CONSTRUCON", revela que ele estaria mentido?
Reportagem do Fantástico














Fonte: http://www.netcina.com.br/2011/08/ceara-como-saber-se-um-prefeito-esta.html#more

terça-feira, 23 de agosto de 2011

* OS BANHEIROS FANTASMAS DE IPU SÃO DESTAQUE NO PROGRAMA PRIMEIRO PLANO DA TV JANGADEIRO

Desvio de verba, corrupção, tráfico de influência e convênios sob suspeita. O escândalo dos banheiros fantasmas bate a porta de autoridades do Ceará. Mas até onde vai o esquema milionário? A TV Jangadeiro aprofunda o assunto em três edições especiais do programa Primeiro Plano.
O caso foi descoberto inicialmente em Pindoretama, na Região Metropolitana de Fortaleza, mas já foi rastreado em pelo menos 47 municípios cearenses. Ao todo, 92 convênios estão sob suspeita. O rombo pode ultrapassar R$ 16 milhões, dinheiro que deveria ter sido usados para reduzir o drama dos moradores de 187 mil residencias que ainda não têm banheiros em suas casas.
Para dar voz aos envolvidos no caso dos banheiros, o Sistema Jangadeiro convidou, para a primeira edição, o Deputado Estadual Heitor Ferrer, do PDT, e o Promotor de Justiça, Marcelo Pires, de Pindoretama.
Veja a repercussão:
Assista ao programa Primeiro Plano na íntegra:

* PROGRAMA PRIMEIRO PLANO DEBATE A CORRUPÇÃO NOS BANHEIROS FANTASMAS


HEITOR FÉRRER E MARCELO PIRES SÃO OS PRIMEIROS ENTREVISTADOS SOBRE O ESCÂNDALO DOS BANHEIROS FANTASMAS



No primeiro dia da série de três programas especiais sobre as irregularidades na construção de kits sanitários em municípios do interior do Ceará, o programa Primeiro Plano recebe, nesta terça-feira (23) o deputado estadual Heitor Férrer (PDT) e o promotor do município de Pindoretama, Marcelo Pires.
A gravação dos programas vai ser exibida a partir das 16 horas, ao vivo pelo portal Jangadeiro Online e pelo canal 37 da NET, nesta terça (23), quarta (24) e quinta-feira (25). Na TV Jangadeiro, a gravação será veiculada após o jornal do SBT.
Os internautas que quiserem participar podem mandar comentários e perguntas para o email politica@tvjangadeiro.com.br.
Banheiros Fantasmas
O escândalo começou por Pindoretama, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), mas já foi rastreado em mais de 40 municípios cearenses. Segundo o Ministério Público Estadual (MPE), foram desviados pelo menos R$16 milhões dos cofres públicos, que deveriam ter sido usados para reduzir o drama de 187 mil residências do Ceará que ainda não têm banheiros em suas casas, de acordo com dados do IBGE.
As denúncias envolveram até agora um deputado estadual, Téo Menezes (PSDB), e levaram o pai dele, Teodorico Menezes, a pedir afastamento da presidência do Tribunal de Contas do Estado (TCE), órgão responsável por fiscalizar e garantir a boa aplicação dos recursos públicos estaduais. Funcionários do TCE foram doadores de campanha do deputado.
Convidados
Além de uma reportagem aprofundada sobre o tema, cada programa terá dois entrevistados. Confirmaram participação os promotores Luiz Alcântara, da Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap), e Marcelo Pires, de Pindoretama, os deputados Heitor Férrer (PDT) e Eliane Novaes (PSB), o sociólogo André Haguette, e presidente do Tribunal de Contas do Estado, Valdomiro Távora.
Para assegurar a oportunidade de manifestarem-se, a TV Jangadeiro convidou todos os citados no episódio a participarem dos programas. Entre eles, o atual secretário de Cidades, Camilo Santana, e os dois ex-titulares da pasta no período das irregularidades, Jurandir Santiago, atual presidente do Banco do Nordeste, e Joaquim Cartaxo; Teodorico Menezes, presidente afastado do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Teo Menezes, deputado estadual do PSDB e o governador Cid Gomes (PSB).

http://politika.jangadeiroonline.com.br/denuncia/primeiro-plano-recebe-heitor-ferrer-e-marcelo-pires-no-primeiro-programa-sobre-escandalos-dos-banheiros-fantasmas/

domingo, 21 de agosto de 2011

* O PREFEITO SÁVIO PONTES SÓ ESTÁ PAGANDO O SALÁRIO MÍNIMO AOS FUNCIONÁRIOS DA PREFEITURA PORQUE FOI OBRIGADO PELA JUSTIÇA E PELO TCM.


Na gestão passada, a ex-prefeita Corrinha Torres, após ter um projeto de aumento de reajuste salarial rejeitado pela Câmara Municipal de Ipu, foi obrigada a baixar um Decreto Municipal concedendo um adicional ao salário base de todos os funcionários municipais que ganhavam menos de um salário mínimo.

Ao assumir a prefeitura municipal, o prefeito Sávio Pontes, através do Decreto 002/09 – De 02 de janeiro de 2009 – estabeleceu a suspensão de Contratos e Aditivos com vigência que ultrapassa o exercício de 2008. Com essa medida, todos os funcionários municipais, passaram a receber o salário que estava estipulado no edital na época que fizeram o concurso público.

Ao tomar conhecimento que esses funcionários municipais estavam passando necessidade, ainda em julho de 2009, o Ministério Público, na pessoa do Exmo. Dr. Kennedy Carvalho Bezerra, Promotor de Justiça, ajuizou uma AÇÃO CIVIL PÚBLICA COM PEDIDO DE LIMINAR, para fins de obrigar o Município de Ipu a complementar os valores dos salários dos servidores públicos ao valor do atual salário mínimo. A referida ação, fixava ainda, a pena de multa diária de R$ 1.000,00 (mil reais), no caso de não cumprimento, como previsto no art. 11, da Lei 7.347/85.

O mesmo, não tendo outra saída, foi obrigado a pagar o salário mínimo a todos os funcionários municipais.
Veja alguns trechos da referida Ação Civil Pública.
“Foi instaurado no âmbito da Promotoria local, o incluso procedimento administrativo, visando apurar denúncias que nos chegaram, dando conta de que o Município de Ipu, ora promovido, vinha pagando aos servidores públicos municipais, salários em valores inferiores ao mínimo legal.
(...)
Vale ressaltar, também, que a determinadas categorias o comando Constitucional é rigorosamente respeitado, quando não o é para outras, criando-se, assim, categorias privilegiadas em detrimento de outras, o que fere o princípio da isonomia, situação que pode ser constatada pela inclusa relação de servidores.
(...)
Esta situação não pode prolongar-se e argumentos como o de que o pagamento do salário mínimo a todo servidor concursado “quebrará o município”, ou que não há verba a suportar tal impacto, ou, ainda, não pode servir de desculpas para que não seja observado o comando constitucional, até porque não se procedem como oportunamente se demonstrará.
(...)
A toda evidência, tal situação revela flagrante desrespeito ao art. 39, parágrafo 3º, C/C art. 7, IV, da CF/88.
Vejamos tais dispositivos, in verbis.
(...)
IV - salário mínimo, fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender a suas necessidades vitais básicas e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo, sendo vedada sua vinculação para qualquer fim;”

Clik nas imagens abaixo e veja esta AÇÃO CIVIL PÚBLICA completa:


Clik no link abaixo e veja o relatório do TCM sobre a fiscalização na área de pessoal do município de Ipu.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

* A BOMBA DO IPUPREV

Num ato “ditatorial” e contra a vontade de todos os funcionários municipais, o prefeito Sávio Pontes juntamente com Câmara Municipal, com exceção dos vereadores Arlete Mauricéia e Alberto Martins, aprovaram o fim do INSS e a criação do INSTITUTO DE PREVIDENCIA DO MUNICIPIO –IPUPREV, prejudicando direitos e garantias do funcionalismo municipal.

O problema era outro que não o benefício do servidor. Explica-se: Com o INSS, o buraco é mais embaixo! Então, o Prefeito queria livrar-se dos recolhimentos ao INSS, que não realizados, bloqueia-se o FPM e ICMS para pagamento do devido e torna o município inadimplente a ponto de não poder celebrar convênios com os governos Estadual e Federal. Com a previdência do município, ele está livre do INSS.

A Lei Municipal nº 248/2009, de 20 de outubro de 2009, que criou a Previdência Municipal, determina que as contribuições previdenciárias referentes aos funcionários efetivos, devem ser repassadas ao Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais de Ipu – IPUPREV em até 10 (dez) dias úteis contados da data de pagamento da folha de pagamento dos funcionários. Esta Lei vem sendo sistematicamente desrespeitada e as contribuições previdenciárias não vêm sendo repassadas, provocando dificuldades na gestão do referido Instituto, ocasionando um pedido de demissão/exoneração do Presidente Nonato Martins.

Está mais do que claro que o único objetivo da criação do IPUPREV é desviar a previdência dos funcionários municipais, pois em dezembro de 2010, com menos de 01 ano de funcionamento, foi feito um parcelamento de uma dívida, correspondente às contribuições previdenciárias devidas e não repassadas ao regime próprio de previdência social dos servidores públicos municipais, no que diz respeito à parte patronal, no valor de R$ 723.397,09 (setecentos e vinte e três mil trezentos e noventa e sete reais e nove centavos), em 60 (sessenta) parcelas mensais e sucessivas, acrescidas dos juros e atualizações. No primeiro ano de criação, este já contraiu uma dívida que só será quitada em novembro de 2015!

É importante ressaltar que o parcelamento desta dívida não foi autorizado pela Câmara Municipal de Ipu, a maioria dos vereadores “mercenários” e “alienados”, sequer sabem da existência deste acordo de parcelamento, assinado exclusivamente pelo prefeito Sávio Pontes e Raimundo Nonato Martins Rodrigues.
Veja o quadro do total repassado e devido ao IPUPREV até outubro de 2010:

O mais grave, está acontecendo em 2011, pois a prefeitura está em débito nos repasses previdenciários para o IPUPREV, servidor e patronal, desde a competência do mês de Janeiro de 2011, gerando uma dívida que chega próximo a UM MILHÃO E MEIO DE REAIS, sem contar com o parcelamento de quase um milhão.

As providências judiciais já estão sendo tomadas para que todos os responsáveis por está APROPRIAÇÃO INDÉBITA, sejam responsabilizados e penalizados por este ato CRIMINOSO e IRRESPONSÁVEL.
.
Brevemente, o Blog Ipu Ceará irá divulgar detalhadamente, todas as despesas administrativas do IPUPREV, pagas com o pouco dinheiro dos funcionários municipais que foi recolhido nos anos de 2010 e 2011. Aguardem!

sábado, 13 de agosto de 2011

* QUEM IRÁ SEGURAR A BOMBA?


* O SENDEIRO - PRECE LAUDATÓRIA A OPOSIÇÃO.

Tento desenhar tuas feições no espaço vazio que ficou em minha cidadania. Não quero promessas delirantes. Quero a simetria justa e atuante das coisas públicas em prol do povo, pois são a eles que se destinam. Ah, não abafes o SILÊNCIO do jejum desumano das crianças das escolas públicas, privadas de suas merendas pelo BARULHO dos gemidos no adultério das genitálias excitadas pelo tesão dos Viagra da farmácia do José Milfon.

__Não quero a ilusão e a perdição de um “novo tempo”! Quero a realidade objetiva de uma nova consciência política! Sem a artificialidade dos artífices demagógicos dos corruptos e a gastança exacerbada de suas gueixas de amores mercenários, conquistados nos prostíbulos da política ou no aluguel dos corpos que perambulam na solidão das ruas escuras apesar da alta taxa de iluminação pública. Espero, que as águas desta tempestade antecipadamente façam a assepsia ética e moral dos que já “planejam roubar na próxima administração”, pois o castigo imposto ao povo já nos foi por deveras demais...! Hoje, os corruptos se banham com as duchas dos desvios de dinheiro dos banheiros fantasmas. Flutuam e bóiam em fossas transbordantes de fraudes (gases) mal cheirosos pela fetidez de seus excrementos morais que se transmutam em coliformes fecais dos roubos e a indigestão dos peixes crus dos (SUSHI) antes da constipação das selas e de serem fisgados pelos anzóis, redes e landuás da Polícia Federal que porá fim a fertilidade da piracema das sereias de sensualidade duvidosa, e o arrasto de cardumes de cédulas do dinheiro público pela ação da “pesca de agacho” dos alevinos (PEIXÕES DA POLÍTICA) e suas tenebrosas transações de proporções oceânicas que já fizeram sangrar veias em fatal A.V.C. na sincope dos enfartos de tanto se FARTAREM em roubos das diárias. Anseio, e vou acreditar até a última palavra, a última metáfora de meus pobres textos rabiscados de trivialidades do cotidiano dos corruptos e suas amasias arrogantes, tratadas e enfeitadas com caráter satírico. Sei que ainda hei de ver a melhoria de tua qualidade de vida Ipu, e voltarei em definitivo de corpo e alma para ti, quando o sangue da decência correr desobstruído em tuas veias sem os coágulos das improbidades administrativas, desintoxicado dos RATICIDAS TEATRAIS E INEFICIENTES ressuscitado pelo milagre da BARGANHA que cala microfones de rádios e servem como antídoto que anula os efeitos do veneno da menina.

__ “Prefiro a utopia dos loucos e poetas ao pragmatismo frio dos pessimistas”.

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

* AONDE FOI PARAR O DINHEIRO DOS IPUENSES PAGO A EMPRESA FANTASMA “CONSTRUCON”?


Se o prefeito de Ipu, Sávio Pontes é tão inocente em suas afirmações quando se refere à construção dos 2.108“Banheiros Fantasma”, porque não vem a público explicar onde foi parar o dinheiro dos cheques pago à empresa fantasma“CONSTRUCON” será que o prefeito é tão inocente assim! Para o Ministério Público não restam dúvidas, todos os fatos levam ao um forte esquema de desvio de verbas públicas em Ipu, cabe agora a Justiça provar tudo isso.
 
VEJAMOS Na entrevista dada a TV Jangadeiro, o vice-prefeito e ex-Secretário de Saúde do Município, Dr. Luiz de Gonzaga afirmou que quando Secretário de Saúde naquela época (2009), responsável pela assinatura dos contratos, ao checar as informações da empresa CONSTRUCON, desconfiou do processo, não assinando os contratos, primeiro pelo valor que era alto demais, em torno de R$ 3.159.000,00, segundo, por questões de proximidades de dadas na criação da empresa CONSTRUCON no registro da Junta Comercial do Estado do Ceará com a data da licitação e alterações no registro da empresa, confusas para ele (secretário), naquele momento devolveu ao Prefeito para depois conversarem sobre o assunto. Neste período a licitação não retornou a Secretaria de Saúde. Dias depois o prefeitoassinou todos os atos licitatórios e sacou o dinheiro do recurso. Mais estranho nisso é que o pagamento da obra foi feito pelo Prefeito um dia depois da licitação, 17 de março DE 2009, dia seguinte a empresa emitiu as notas fiscais sem construir um banheiro sequer.

A DEFESA NA ASSEMBLEIA O deputado Sérgio Aguiar que teve uma boa votação em Ipu, pouco mais de 6.000 votos, defendeu o seu colega prefeito Sávio Pontes dizendo: “ainda temos um prazo para que possamos esperar que a Prefeitura preste conta do recurso até novembro de 2011, quando se extingue o prazo da vigência do convênio para que estas obras sejam construídas”O deputado também não explica onde foi parar o dinheiro pago para empresa fantasma CONSTRUCON.  Cada fez que alguém tenta justificar o injustificável fedemais ainda os escândalos administrativo do novo tempo em IpuUma vergonha para quem se diz honesto em tudo isso.

 O deputado Heitor Férrer (PDT) foi muito feliz nas afirmações “quem não deve não teme, se a Assembléia impede as investigações por uma Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI é porque o governo estadual não resiste a elas”“Os kits sanitários que eu visitei são construídos de uma maneira tão desrespeitosa que nem macaco utilizaria aquilo para defecar, portando eu estou pedindo a Secretaria os Projetos Arquitetônicos de Engenharia para que eu confira a qualidade também,porque o desrespeito para com aqueles que mantêm como deputados, que nos pagam nossos salários, que nos dão os melhores gabinetes com ar condicionado, que nos dão condições de pagar as melhores escolas e que nos dão condições de termos granitos em nossos banheiros não têm direito a sequer ter onde fazerem suas necessidades”. Afirmou Heitor Férrer (PDT).

AGORA ASSISTA AO VÍDEO DO RESUMO DAS NOTÍCIAS


Notícia publicada no Blog Aconteceu Ipu:
http://afraniosoares.blogspot.com/2011/08/aonde-foi-parar-o-dinheiro-dos-ipuenses.html

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

* 11 DE AGOSTO - DIA DO ESTUDANTE - SEM MERENDA

A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos, ter um governo mais ou menos, e até dormir numa cama mais ou menos. Comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro. 
O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum... É ESTUDAR NUMA ESCOLA MAIS OU MENOS, é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais ou menos. Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos.


AS ESCOLAS MUNICIPAIS DE IPU CONTINUAM SEM MERENDA ESCOLAR. 

ARLETE MAURICÉIA - PROFESSORA MUNICIPAL DE IPU

* IPU CONTINUA SENDO DESTAQUE NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA


O deputado Fernando Hugo (PSDB) disse nesta quinta-feira (11/08), em sessão plenária, que a questão do escândalo dos kits sanitários foi “mal conduzida na Casa”. Ele lamentou “profundamente que os líderes na Assembleia tenham trabalhado diferentemente daquilo que reza e preconiza a boa transparência”.  O deputado criticou o arquivamento da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as irregularidades na construção dos kits sanitários. Argumentou que o assunto deveria ter sido debatido na Comissão de Fiscalização e Controle da Assembleia com as associações, Secretaria das Cidades e com o Ministério Público do Estado, através da Procuradoria de Combate aos Crimes Contra a Administração Publica (Procap).”Era a coisa mais lógica”, observou.  “Sem isso, sair da Casa e buscar o que está sendo feito, como o que o TCE está fazendo, não cabe na cabeça sadia de ninguém que fala em probidade, honestidade. O Governo mostra que o escândalo é maior do que se apresenta”, disse. Conforme Fernando Hugo, que defendeu uma fiscalização profunda desses convênios, a Secretaria das Cidades continua distribuindo material para organizações não governamentais (ONGs).  O tucano cobrou uma manifestação do governador em relação ao assunto. De acordo com Fernando Hugo, para defender seu governo Cid precisa que as auditorias saibam com profundidade como tantas associações receberam e não realizaram as obras ou fizeram de forma inadequada. No entanto, ele se mostrou confiante nos membros fiscalizadores “e se apropriem de todas as verdades”. Segundo o deputado, o governo tem que fiscalizar as secretarias que distribuíram cisternas, banheiros.

APARTE - Em aparte, o deputado Heitor Férrer (PDT) disse que o município do Ipu, por exemplo, recebeu cerca de R$ 3 milhões do Governo do Estado, e o prefeito não construiu os dois mil banheiros previstos. “Quero salvar a Assembleia deste constrangimento e propor que a Comissão de Fiscalização e Controle, que tem que atuar neste processo, designe servidores para fiscalizar in loco todos estes convênios. Precisamos de um relatório”, ponderou. 
    
O CASO DA IPUPREV
O deputado Moésio Loiola (PSDB) lembrou que o município de Ipu também foi alvo de denúncias. Segundo ele, a Prefeitura não estava repassando o dinheiro descontado de funcionários efetivos ao Instituto de Previdência do Municipio de Ipu (IPUPREV). 

Notícia no site da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará pelo link abaixo.
http://www.al.ce.gov.br/noticias/noticia_completa.php?codigo=19720

terça-feira, 9 de agosto de 2011

* “ESCÂNDALO DOS BANHEIROS” – E AS CONTRADIÇÕES DE CAMILO SANTANA

O secretário estadual das Cidades, Camilo Santana (PT), um dos nomes citados no “Escândalo dos Banheiros”, enviou nota assinada por ele à imprensa, dando esclarecimentos sobre todo esse caso e convênios sob sua responsabilidade. Confira um trecho da nota:

 

“...Ainda no mês de janeiro chegaram ao meu gabinete solicitações de prorrogação de PRAZO de diversos convênios e contratos, ato normal no serviço público. Dentre estes os das associações, para construção de kits sanitários, uma política pública importante que garante tirar pessoas da humilhante situação de terem que fazer suas necessidades em sacos plásticos porque não possuem um vaso sanitário em suas casas.
A documentação apresentava pareceres técnicos atestando que para “a execução dos kits sanitários em andamento, se faz necessário o aditivo de prazo com a finalidade de se concluir todo o objeto do convênio”. Pareceres esses assinados por, nada mais nada menos, que o responsável pelo programa da Secretaria e pelo coordenador ao qual o programa é vinculado.
Além de aprovado pela área técnica o processo de prorrogação de prazo dos convênios continham pareceres jurídicos, respaldando legalmente as ampliações por 90 dias.
Esse foi o único ato que fiz. Assinar um aditivo de PRAZO,  prorrogando um convênio de 9 de fevereiro para 8 de maio, onde não envolvia nenhum repasse de dinheiro...- Camilo Santana Deputado Estadual(PT/CE) e Secretário de Estado das Cidades.

 

Clik aqui e veja a nota completa publicada no jornal O Povo:

http://blog.opovo.com.br/blogdoeliomar/escandalo-dos-banheiros-camilo-santana-diz-ser-vitima-de-acao-para-prejudicar-sua-imagem/

 

O secretário faltou com a verdade em sua nota, pois ele também assinou o QUARTO aditivo prorrogando o prazo do convênio dos BANHEIROS FANTASMAS DE IPU, de 15 de maio de 2011 para 15 de novembro de 2011, que dá 180 dias. Será que ele não tinha percebido que o prazo desse convênio já tinha sito prorrogado 3 vezes?????

Clik na imagem abaixo e veja o aditivo com a assinatura de Camilo Santana.
Esse aditivo pode ser consultado no site do Governo do Estado do Ceará no seguinte endereço:

http://transparencia.ce.gov.br/paginas/contratosConvenios/contratosConvenios.aspx?t=cat02



sábado, 6 de agosto de 2011

* O CAMINHO DAS PEDRAS.


Agora o caminho das pedras preciosas está claro.
Quem em sã consciência deixaria de ser deputado para ser prefeito? O caminho é inverso. A não ser, é claro, que houvesse mapas de minas e pedras preciosas e muitas promessas de fontes de petróleo jorrando. As promessas foram cumpridas, os mapas estavam certos, os planos quase perfeitos. Nunca houve tantos cegos nos três podres poderes. Tudo foi feito e executado como planejado.
Pobre Ipu, estava marcado com um x como mina. E muito foi prometido para os ipuenses. Planos mirabolantes, fantásticos. Coisas para a Disney. Como vão concluir o projeto da bica se até os banheiros que deveriam ser construídos foram roubados. Por que diante de tantas denúncias, tudo era arquivado? Que mão tão poderosa estaria acobertando este filho travesso e pródigo? Você ainda tem dúvidas?
Quem tem dez banheiros em sua mansão não se importa se pobre vai no mato fazer suas necessidades.
O que podemos esperar de quem rouba merenda de crianças que nunca vão saber o que é picanha argentina?
O esquema é grande e é alto. Pena, que mesmo depois de parte do esquema descoberto, poucos sejam punidos, talvez só os mais fracos. Pena que o dinheiro não volte. Pena que o povo não aprende  e continua iludido achando que perder eleição é pior do que  votar em quem não está nem aí para o povo.
Para que uma Câmara que pactua com a fome, com essa lama que escorre na nossa cidade?
Faxina geral.
Precisamos tirar do poder quem engana o povo. Se os vereadores fossem pelo povo, já teriam resolvido isso há muito tempo. Mas é pedir demais a quem também está comendo queijo suísso.
Os poucos gatos não podem com tantos ratos se multiplicando.
Esse é o nosso Ipu, sem pão nas escolas, sem banheiros, sem INSS, sem bica, sem nada. Poucos com muito e muitoooooooos sem nada.

Fonte: http://sosigrejinha.blogspot.com/2011/08/o-caminho-das-pedras.html

 

A transparência

"O dinheiro dos impostos, está indo literalmente pelo ralo, em nossa cidade, o laudo do TCM de engenharia, está pronto e acessivel á todos, é uma "pouca vergonha", as vistorias constataram inúmeras irregularidades, de todos os graus, um verdadeiro desrespeito com os cidadãos. Quem verificar o laudo perseberá claramente os ralos por onde escorrem vultosas quantias, que certamente fazem muita falta as pessoas que necessitam dos serviços públicos. Que mais e mais ipuenses tomem conhecimento, é só acessar o site do TCM e verificar em desmonte- relatório e laudo de engenharia. Boa leitura, e tirem suas próprias conclusões!"
(Samuel baker mororo Aragão - AFAI)



RECORDAÇÕES

A CULTURA POLÍTICA - O BODE